Setor lança Frente Parlamentar da Construção

Movimento tem adesão de 62 parlamentares e de 70 entidades da construção

Foto: ABCP

O Departamento da Indústria da Construção (Deconcic) da Fiesp, em parceria com a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, lançou nesta segunda-feira, 30 de novembro de 2015, a Frente Parlamentar da Indústria da Construção.

A iniciativa terá como objetivo fortalecer a cadeia produtiva, por meio da sustentação dos investimentos em infraestrutura e desenvolvimento urbano, visando assegurar o equilíbrio entre o poder público e a iniciativa privada, trazendo a ambos segurança jurídica, previsibilidade e garantias.

A Frente Parlamentar será presidida pelo deputado Itamar Borges (PMDB) e terá dois grupos de trabalho: um com foco em desenvolvimento urbano, coordenado pelo deputado estadual Antonio Ramalho (PSDB), e o outro dedicado à infraestrutura econômica, com a coordenação do deputado estadual Ricardo Madalena (PR-SP).

As pautas prioritárias que serão tratadas pela Frente Parlamentar são:

  • Viabilizar as propostas do Programa Compete Brasil, da Fiesp;
  • Implementar ferramenta de acompanhamento de obras emblemáticas;
  • Estimular a adoção do conceito Modelagem de Informação da Construção (BIM);
  • Implantar o Sistema Integrado de Licenciamento de Obras nas cidades paulistas (SILO);
  • Padronizar os códigos de obras municipais;
  • Reduzir o fator acidentário de prevenção (FAP / RAT);
  • Simplificar o regime de substituição tributária para materiais de construção;
  • Promover a segurança em edificações.

Fonte: Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP)

Deconcic destaca o papel da Avaliação do Ciclo de Vida da construção

Na última quinta-feira (10/09/2015), o Departamento da Indústria da Construção da Fiesp (Deconcic) promoveu o “Workshop sobre Avaliação do Ciclo de Vida (ACV) – Ampliação da Análise Ambiental de Matérias e Componentes da Construção”. O evento, que aconteceu na sede da Federação, teve como principal objetivo focar no aumento de competitividade do setor de construção por meio da avaliação de produtos e sistemas construtivos.

De acordo com nota publicada pela Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP), as palestras organizadas para o evento exemplificavam novas tendências para a redução dos impactos ambientais do segmento por meio de estudos de caso. Para a associação, as apresentações que mereceram destaque foram as que trataram da cadeia produtiva de concreto e de artefatos de cimento – ministradas pelo Inmetro, Associação Brasileira de Avaliação de Ciclo de Vida, Centro de Tecnologia em Edificações (CTE) e, por fim, a palestra ministrada pelo Conselho Brasileiro de Construção Sustentável (CBCS).