Construção alcança melhor nível de confiança desde maio de 2014

Fonte: AECweb

Texto: Yuri Mulato

ICST cresceu 2,1 pontos em janeiro frente a dezembro de 2019, chegando a 94,2 pontos. Alta foi influenciada pela melhora tanto da situação atual quanto das expectativas

Em médias móveis trimestrais, o índice chega a sua oitava alta consecutiva, passando de 89,9 pontos em dezembro de 2019 para 91,9 pontos em janeiro (Créditos: Marco Paulo Bahia Diniz/ Shutterstock)

Conforme apuração da Fundação Getulio Vargas (FGV), o Índice de Confiança da Construção (ICST) teve alta de 2,1 pontos em janeiro frente a dezembro do ano passado, chegando a 94,2 pontos, o maior nível desde maio de 2014, quando o índice chegou a 94,6 pontos.
Em médias móveis trimestrais, o índice chega a sua oitava alta consecutiva, passando de 89,9 pontos em dezembro de 2019 para 91,9 pontos em janeiro.

A alta foi influenciada pela melhora tanto da situação atual quanto das expectativas. O Índice de Situação Atual, que apura a confiança do empresário da construção no momento presente, avançou pela oitava vez seguida, chegando a 84,3 pontos em janeiro, 1,7 ponto maior em relação ao mês anterior.

Já o Índice de Expectativas (IE-CST) chegou a 104,2 pontos, o maior valor desde setembro de 2012 (104,5 pontos). Os principais destaque deste índice ficam por conta do indicador de demanda prevista nos próximos três meses, que avançou 2,6 pontos, chegando a 105,2 pontos, o maior nível desde março de 2012 (106,5 pontos); e do indicador de tendência dos negócios nos próximos seis meses, que subiu 2,2 pontos, para 103,2 pontos, similar a março de 2013.

Além disso, o Nível de Utilização da Capacidade do setor (Nuci) teve queda de 1 ponto percentual e alcançou 70,9%.

 

Veja a notícia do AECweb completa neste link: https://www.aecweb.com.br/revista/noticias/construcao-alcanca-melhor-nivel-de-confianca-desde-maio-de-2014/19657